Pular para o conteúdo

Exercícios Para Fortalecer O Assoalho Pélvico

    Exercícios Para Fortalecer O Assoalho Pélvico 1

    A massa muscular do assoalho pélvico, ou massa magra pubococcígeo, é formado por três anéis que se encarregam de manter em suspensão e em posição correta, o útero, a vegija e o reto, desafiando a potência da gravidade. Por esta explicação, fortalecer o assoalho pélvico necessita ser o primeiro objetivo da recuperação física depois do parto.

    Anel que circunda a vagina: é o que se faz ao introduzir a ponta de um dedo na vagina e contrair a vagina com força. Se tensionam os músculos abdominais, se verificam as diferenças em relação ao movimento anterior (fórmula incorreta).

    • 2 Sensibilidade de receptores
    • Sementes de linho
    • Ramon Margalef
    • dezessete de janeiro de 2010 | 23:05
    • Os três botões que tem no peito parecem quebrá-lo
    • Outros podem ser sucos verdes
    • Diz ser rojoescarlata
    • três Tratamento dos casos refratários

    Anel que rodeia a uretra: pra localizá-lo, há que sentar-se no banheiro, urinar e reter o fluidez. Uma vez identificados, os músculos e as sensações que se experimentam quando são executados de forma correta, são capazes de começar a fazer, agora desnecessário de pôr um dedo na vagina ou no ânus. Para realizar este exercício, os músculos abdominais devem estar relaxados. Enquanto expulsa o ar pela boca, pouco a insuficiente, há que apertar com força, como se tentasse controlar uma defecação ou diarreia. Quinze repetições por a tarde, de pé. Quinze repetições, depois do jantar, sentada. Neste caso, a cadeira tem que ser contínua. A pessoa tem que apoiar as plantas dos pés no chão com firmeza, mantendo os joelhos ligeiramente para fora.

    Em todos os casos, a duração das contrações deve ser de 10 segundos. Entre cada uma delas, é necessário um momento de relaxamento muscular de outros 10 segundos. Os exercícios de Labirinto, que envolvem a contração e relaxamento dos músculos que controlam a urina.

    Para começar a praticá-los, você podes desfrutar o momento de ir ao banheiro, deixando a urina e interrompendo o fluidez. Os músculos da vagina, a bexiga e o ânus são tomadas firmes e são deslocados para cima. Como pega a equipe de Obstetrícia e Ginecologia do Hospital Público de São Carlos, é aconselhável realizar este exercício uma vez por dia, mas não mais, visto que poderia ser contraproducente com o tempo. Mais de 60 por cento das mulheres que exercem esses exercícios de modo regular conseguem erradicar ou minimizar os defeitos relacionados com as perdas de urina após o parto, após um ano.

    trata-Se de uma série de exercícios fácil inventados pelo sexólogo Arnold Labirinto, no ano de 1940, que continuam sendo o padrão de fonte para a recuperação física pós-parto. Exercício 1: O lerdo: Consiste em forçar o grupo de músculos do assoalho pélvico e mantê-los assumidos durante cinco segundos.

    Marcações: